All hail the Softail

Abram alas para a Softail

A plataforma Softail® é uma das mais populares e icônicas de toda a linha Harley-Davidson®. Estilo lendário, tecnologia oculta e moral nas ruas... são essas coisas que definem a Softail. Vamos dar uma olhada em como a plataforma tem evoluído nos seus 35 anos de história e conhecer alguns novos proprietários dos últimos modelos

A família Softail® continua sendo uma das linhas de motocicletas mais icônicas da Harley-Davidson®. Dicas de estilo inspiradas na longa tradição da Harley-Davidson, o visual hardtail, o design de ferradura do tanque de óleo e o estilo despojado fizeram com que a Softail indiscutivelmente se tornasse um clássico do design. No entanto, mais do que isso, o desenvolvimento e os avanços tecnológicos constantes permitiram que a linha continuasse tão relevante e atual como quando foi lançada há 35 anos.

Primórdios
A família Softail surgiu no começo da década de 80, quando a Harley-Davidson adquiriu uma motocicleta conceito de um engenheiro de design chamado Bill Davis, que testou amortecedores traseiros ocultos em um quadro de big twin. Davis trabalhou lado a lado com os engenheiros da Harley-Davidson para aperfeiçoar o design da FXST Softail 1984. Esse quadro apresentava um estilo despojado, assento baixo e o clássico estilo 'hard tail' do passado, mas oferecendo conforto e dirigibilidade com uma suspensão traseira completa por meio de amortecedores horizontais a gás sob os tubos do quadro inferior (a Harley-Davidson optou pelo design alternativo de Davis, que posicionava os amortecedores embaixo da transmissão). Retornando para completar o visual retrô, o tanque de óleo clássico em formato de ferradura foi apresentado primeiramente na Knucklehead 1936 e ainda é um elemento do design da Softail até hoje.er frame tubes (Harley-Davidson opted to go with Davis’s alternative design, which placed the shocks underneath the transmission). Returning to round out the antique look was the classic horseshoe oil tank first introduced on the 1936 Knucklehead, which is still a Softail design element today.

A FLST Heritage Softail 1986, ainda em produção atualmente, ressuscitou o estilo clássico dos anos 1950 com o visual dianteiro da 'Hydra Glide'. Então, em 1988, o estilo retrô tornou-se ainda mais marcante com a FXSTS Softail Springer®, que vinha completa com a parte dianteira 'springer”: garfos dianteiros estilosos com molas expostas e cromado brilhante combinando perfeitamente com o visual despojado da Softail. 

Estrelas na tela
Nasceria então um verdadeiro ícone com o modelo ano 1990, a FLSTF Fat Boy®, projetada por Willie G. Davidson depois que ouviu o feedback dos motociclistas na Daytona Bike Week. A intenção era trazer um estilo e uma sensação retrô com um tema minimalista, e a Fat Boy ofereceu tudo isso e muito mais. O modelo do primeiro ano tinha um esquema de pintura prateado monotônico impressionante, rodas de disco e um estilo amplo, ou robusto, que ficaria célebre ao aparecer no filme O Exterminador do Futuro 2: o julgamento final, de 1991.

A FLSTS Heritage Springer manteve o tema retrô com o modelo ano 1997, resplandescente com garfos springer, alforjes clássicos, pneus com laterais brancas e um farol traseiro 'tombstone'. Então, em 2000, surge a FXSTD Softail Deuce, talvez o modelo customizado de fábrica mais radical da Softail, com tanque de combustível 'alongado' e um painel de tanque de combustível central, garfos dianteiros cromados e sofisticados e o novo motor Twin Cam 88B

Os modelos 'Rocker' do ano 2008 eram simplesmente inovadores: o para-lama traseiro era fixado ao braço oscilante e oferecia um visual rebaixado customizado. No mesmo ano, a Cross Bones apresentou pintura denim, listras finas, garfo dianteiro springer e um visual totalmente preto homenageando as motocicletas bobber dos anos pós-guerra. Uma Cross Bones moderna apareceu no filme Capitão América: o primeiro vingador, de 2011.

Reinvenção radical
Em 2012, a retrô Softail Slim® entrou para a família, e então em 2017 a Softail ganhou um quadro totalmente repaginado, com um amortecedor traseiro único aperfeiçoado montado embaixo do assento e uma nova estrutura de braço oscilante. Isso tornou as novas Softails bem mais leves e fortes do que as plataformas das gerações anteriores. No ano seguinte, o motor Twin Cam foi substituído pelo novo Milwaukee-Eight® com variantes de 107 e 114 polegadas cúbicas, que ofereciam uma potência bem maior. A plataforma Softail estava finalmente completa, com a força bruta do Milwaukee-Eight no coração de um novo chassi radical e finalizada com o estilo único que sempre fez parte do seu DNA.

The Softail has become one of the most successful platforms ever to be introduced by the Motor Company – and one that continues to define the ‘look and feel’ of the Harley-Davidson brand to a new generation of riders.

A Softail tornou-se uma das plataformas mais bem-sucedidas lançadas pela Motor Company e continua definindo 'o visual e a sensação' da marca Harley-Davidson para uma nova geração de motociclistas. 

Hoje, em 2019, a linha Softail é suficientemente ampla e capaz de oferecer o modelo certo para qualquer motociclista e estilo de pilotagem, desde o minimalismo despojado da Street Bob® até o estilo chopper robusto da Breakout. Que venham mais 35 anos de estilo e desempenho para a Softail!