HARLEY-DAVIDSON CRIA NOVO CENTRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA AVANÇADA NO VALE DO SILÍCIO

A Harley-Davidson Motor Company estabelecerá uma nova instalação de pesquisa e desenvolvimento no norte da Califórnia, para apoiar seu portfólio de produtos futuros, incluindo a primeira linha completa de veículos elétricos (VE) da empresa.

“Recentemente, compartilhamos com o mundo nossos planos acelerados de construir a próxima geração de motociclistas da Harley-Davidson globalmente”, disse Matt Levatich, presidente e CEO da Harley-Davidson, Inc. “Essa nova instalação de P&D no coração do Vale do Silício nos ajudará a cumprir esses planos e demonstra nosso compromisso de liderar a eletrificação do esporte”, afirma o alto executivo.

Em julho, a Harley-Davidson compartilhou detalhes de seu plano de crescimento “More Roads to Harley-Davidson”. Por meio desse plano acelerado, a empresa está expandindo a comunidade Harley-Davidson lançando novos produtos, acesso mais amplo à marca e concessionários mais fortes.

Como parte dessa estratégia, a Harley-Davidson lançará sua primeira motocicleta elétrica, a LiveWire™, em 2019. Essa motocicleta será a primeira em um grande portfólio de veículos elétricos de duas rodas sem embreagem projetados pela empresa. Ela será seguida por modelos adicionais até 2022, para ampliar o linha com opções de produtos mais leves, menores e ainda mais acessíveis, para inspirar novos pilotos com novas maneiras de pilotar.

O novo centro de pesquisas na Califórnia, que servirá como um satélite da Willie G. Davidson Product Development Facility, em Wauwatosa, Wisconsin, deverá ser inaugurado no quarto trimestre de 2018. Inicialmente, o foco será na pesquisa e desenvolvimento de veículos elétricos, incluindo bateria, potência eletrônica e design de máquinas elétricas, desenvolvimento e fabricação avançada. A longo prazo, a empresa pode considerar expandir o foco do centro para uma gama maior de tecnologias avançadas que alavancam exclusivamente os ricos talentos do Vale do Silício e suportar sua linha mais abrangente e competitiva de motocicletas em um espectro de preços, fontes de energia e estilos de pilotagem mais diversificados.

A empresa já começou a recrutar os melhores talentos em engenharia elétrica, mecânica e de software, com experiência no desenvolvimento e fornecimento de uma ampla variedade de sistemas de VE, desde o design até a produção. A instalação empregará inicialmente uma equipe de aproximadamente 25 pessoas, a maioria das quais a empresa pretende contratar dentro da área do próprio Vale do Silício.

"Este é um momento emocionante na incrível história da Harley-Davidson, e também é um momento emocionante para se juntar à nossa empresa e ajudar a moldar o nosso futuro", disse Levatich.

Para mais informações sobre o plano “More Roads to Harley-Davidson”, acesse este link.