NEWS


BACK

Harley-Davidson do Brasil fecha 2011 com a expansão de sua presença no mercado nacional

São Paulo (27 de Março de 2012) - Em menos de um ano de operações, subsidiária da marca no Brasil abre 10 concessionárias, feito inédito para a empresa no País

A Harley-Davidson do Brasil completa um ano de operações com a expansão de sua presença no País e melhoria nos serviços oferecidos aos consumidores. Entre as principais conquistas da empresa está o desenvolvimento de uma ampla rede de concessionárias, especializada no atendimento premium e de longo prazo. Só no ano passado, foram inauguradas 10 revendas exclusivas, sendo duas em São Paulo (Capital) e uma em Campinas, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Goiânia, Campo Grande e Brasília.

“Assim que assumimos o controle das operações comerciais, tínhamos como objetivo assegurar uma experiência de qualidade aos clientes do País e, para isso, era essencial ter uma rede de concessionárias completa e abrangente. Em menos de um ano, essa meta foi atingida, o que nos permite estar mais próximos de nossos clientes e oferecer um atendimento ainda melhor”, afirma Longino Morawski, diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.

Para oferecer aos clientes um atendimento de pós-venda de alta qualidade, a Harley-Davidson do Brasil acaba de finalizar a implantação de um armazém de peças, acessórios e produtos de general merchandise. São mais de 12.000 itens disponíveis nesse novo centro de distribuição, localizado na região do Rodoanel, em São Paulo, que está sendo administrado pela Penske Logistics, uma das maiores empresas do setor, e que abastecerá toda a rede de concessionárias Harley-Davidson.

Outra iniciativa da empresa foi a abertura de sua subsidiária no Brasil. A empresa estabeleceu um novo escritório comercial exclusivo, situado na cidade de São Paulo, que hoje conta com cerca de 50 colaboradores diretos e indiretos.

Neste local também foi desenvolvido um Centro de Treinamento Técnico para a capacitação de mecânicos de motocicletas Harley-Davidson de toda a América do Sul, com capacidade para treinar mais de 300 pessoas por mês entre técnicos, consultores de vendas e gerentes.

Um dos grandes marcos da Harley-Davidson em 2011 foi a ampliação do portfólio de motocicletas disponíveis no Brasil. Foram oito lançamentos em todas as famílias de produtos, um feito inédito para a marca no País. Agora os consumidores brasileiros têm à sua disposição 19 modelos, sendo 18 deles montados na fábrica de Manaus.

Para a produção desses novos modelos e visando aumentar a performance do processo de montagem, a Harley-Davidson transferiu a sua unidade fabril para instalações ainda mais modernas.

“A expansão da linha de produtos e o novo parque fabril são fundamentais para tornar a nossa estrutura mais competitiva frente a um mercado de motocicletas premium em franco crescimento no Brasil”, explica Morawski.

Sucesso traduzido em números

Em decorrência desse trabalho, a Harley-Davidson fechou 2011 com um resultado expressivo. Somente de abril a dezembro do ano passado, foram emplacadas 4.322 unidades da marca (dados Denatran), número superior às 4.053 novas motocicletas Harley-Davidson licenciadas durante todo o ano de 2010. Com isso, a marca respondeu por cerca de 10% do mercado de motos premium no Brasil no ano passado (dados Denatran).

“Mais do que ampliar as vendas, o objetivo da empresa é proporcionar a experiência de qualidade que melhor representa uma marca como a nossa. Vamos continuar trabalhando para atingir esse compromisso, que diferencia a Harley-Davidson das demais empresas do segmento”, finaliza o diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.
VOLTAR AO TOPO   VERSAO PARA IMPRESSAO